Freedom. A liberdade não se compra, se conquista.
Atualizações recentes
  • Como previsto por muitos, cidades de SP em cascata adotam o inconstitucional toque de recolher. Vale lembrar que a motivação é diversa da noticiada pela imprensa vermelha.
    Veiculos e pessoas da Direita já tinham denunciado a reunião promovida por Dória com as cúpulas dos poderes em SP, cujo objetivo é quebrar o País, em contraponto aos bem sucedidos avanços das pautas que realmente interessam ao Brasil, promovidas pelo Presidente Bolsonaro.
    É preciso reagir contra esse criminoso da calcinha apertada, pressionando deputados e senadores para que não permitam isso. Ações na justiça pelas empresas prejudicadas são também instrumento essencial para travar mais essa tentativa criminosa do governador de SP, que aliás está se espalhando pelo resto do Brasil com o apoio integral das esquerdas.
    Como previsto por muitos, cidades de SP em cascata adotam o inconstitucional toque de recolher. Vale lembrar que a motivação é diversa da noticiada pela imprensa vermelha. Veiculos e pessoas da Direita já tinham denunciado a reunião promovida por Dória com as cúpulas dos poderes em SP, cujo objetivo é quebrar o País, em contraponto aos bem sucedidos avanços das pautas que realmente interessam ao Brasil, promovidas pelo Presidente Bolsonaro. É preciso reagir contra esse criminoso da calcinha apertada, pressionando deputados e senadores para que não permitam isso. Ações na justiça pelas empresas prejudicadas são também instrumento essencial para travar mais essa tentativa criminosa do governador de SP, que aliás está se espalhando pelo resto do Brasil com o apoio integral das esquerdas.
    0 Comentários 0 Compartilhamentos
  • Prefeito de Uberlandia decretou medida totalmente INCONSTITUCIONAL que começou a vigorar hoje.
    O toque de recolher decretado pelo prefeito da cidade pode inclusive ser caracterizado como crime de ABUSO de AUTORIDADE.
    A ÚNICA possibilidade permitida na Constituição brasileira para o toque de recolher - definição da hora a partir da qual é proibida a livre circulação das pessoas - é no ESTADO DE SÍTIO que só pode ser decretado pelo PRESIDENTE da REPÚBLICA. Governadores e prefeitos NÃO PODEM DECRETAR TOQUE DE RECOLHER !
    O estado de sítio, ou estado de defesa, é um instrumento burocrático, político, que permite ao presidente suspender a atuação dos Poderes Legislativos e Judiciário por um período.
    O recurso é emergencial, usado quando a nação sofre agressão de forças estrangeiras, grave ameaça à constituição, à democracia ou em calamidade pública.
    Espero que o Ministério Público faça valer sua autoridade. Passou da hora de enquadrar criminalmente esses filhotes de ditador.

    https://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2021/02/22/interna_gerais,1239868/covid-19-uberlandia-determina-toque-de-recolher-e-lei-seca.shtml
    Prefeito de Uberlandia decretou medida totalmente INCONSTITUCIONAL que começou a vigorar hoje. O toque de recolher decretado pelo prefeito da cidade pode inclusive ser caracterizado como crime de ABUSO de AUTORIDADE. A ÚNICA possibilidade permitida na Constituição brasileira para o toque de recolher - definição da hora a partir da qual é proibida a livre circulação das pessoas - é no ESTADO DE SÍTIO que só pode ser decretado pelo PRESIDENTE da REPÚBLICA. Governadores e prefeitos NÃO PODEM DECRETAR TOQUE DE RECOLHER ! O estado de sítio, ou estado de defesa, é um instrumento burocrático, político, que permite ao presidente suspender a atuação dos Poderes Legislativos e Judiciário por um período. O recurso é emergencial, usado quando a nação sofre agressão de forças estrangeiras, grave ameaça à constituição, à democracia ou em calamidade pública. Espero que o Ministério Público faça valer sua autoridade. Passou da hora de enquadrar criminalmente esses filhotes de ditador. https://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2021/02/22/interna_gerais,1239868/covid-19-uberlandia-determina-toque-de-recolher-e-lei-seca.shtml
    WWW.EM.COM.BR
    COVID-19: Uberlândia determina toque de recolher e lei seca
    Pessoas não poderão circular pelas ruas entre 20h e 5h e ficarão proibidas de comprar bebidas alcoólicas em qualquer horário
    1
    0 Comentários 0 Compartilhamentos
  • Ivermectina pode reduzir risco de morte em até 75%, diz estudo
    21/01/2021 - 10h01 (Atualizado em 21/01/2021 - 14h50)

    Cientistas de diversos países fizeram revisão de outros estudos e relacionam medicamento antiparasitário à redução da carga viral

    Resumindo a Notícia:
    .A ivermectina, antiparasitário de baixo custo, pode ter propriedades antivirais
    .Pesquisadores analisaram 18 estudos e observaram efeitos na covid-19
    .Em 6 ensaios, a droga reduziu em até 75% a chance de morte em casos moderados e graves
    .Seu uso para o tratamento da covid-19 ainda não foi aprovado

    https://noticias.r7.com/saude/ivermectina-pode-reduzir-risco-de-morte-em-ate-75-diz-estudo-21012021



    Ivermectina pode reduzir risco de morte em até 75%, diz estudo 21/01/2021 - 10h01 (Atualizado em 21/01/2021 - 14h50) Cientistas de diversos países fizeram revisão de outros estudos e relacionam medicamento antiparasitário à redução da carga viral Resumindo a Notícia: .A ivermectina, antiparasitário de baixo custo, pode ter propriedades antivirais .Pesquisadores analisaram 18 estudos e observaram efeitos na covid-19 .Em 6 ensaios, a droga reduziu em até 75% a chance de morte em casos moderados e graves .Seu uso para o tratamento da covid-19 ainda não foi aprovado https://noticias.r7.com/saude/ivermectina-pode-reduzir-risco-de-morte-em-ate-75-diz-estudo-21012021
    NOTICIAS.R7.COM
    Ivermectina pode reduzir risco de morte em até 75%, diz estudo
    Cientistas de diversos países fizeram revisão de outros estudos e relacionam medicamento antiparasitário à redução da carga viral
    2
    0 Comentários 0 Compartilhamentos
  • Tiraram o nosso pequeno https://talkeynews.com do ar. O motivo é o atual: site informativo de Direita. Mas são incompetentes e estamos de volta, mais protegidos e além disso dando uma força para o Parler que ainda não conseguiu voltar. E estamos contra-atacando. Êles que se cuidem 😎

    https://talkeynews.com/o-ceo-da-parler-john-matze-plataforma-recebera-todos-voces-de-volta-em-breve
    Tiraram o nosso pequeno https://talkeynews.com do ar. O motivo é o atual: site informativo de Direita. Mas são incompetentes e estamos de volta, mais protegidos e além disso dando uma força para o Parler que ainda não conseguiu voltar. E estamos contra-atacando. Êles que se cuidem 😎 https://talkeynews.com/o-ceo-da-parler-john-matze-plataforma-recebera-todos-voces-de-volta-em-breve
    TALKEYNEWS.COM
    O CEO da Parler, John Matze: Plataforma 'receberá todos vocês de volta em breve'
    O CEO da Parler, John Matze, diz que a plataforma de mídia social voltará em breve, acrescentando que \
    3
    1 Comentários 0 Compartilhamentos
  • Chegando nos pequenos: sem acesso ao painel de controle e ao site do talkeynews.com há 2 dias. O provedor não me dá satisfação do que aconteceu. Um suposto erro de certificado é visualizado mas não procede.
    Tenho postado as notícias que seriam colocadas lá no facebook, mas pelo andar da carruagem vamos acabar bloqueados.
    Chegando nos pequenos: sem acesso ao painel de controle e ao site do talkeynews.com há 2 dias. O provedor não me dá satisfação do que aconteceu. Um suposto erro de certificado é visualizado mas não procede. Tenho postado as notícias que seriam colocadas lá no facebook, mas pelo andar da carruagem vamos acabar bloqueados.
    3
    0 Comentários 0 Compartilhamentos
  • Enquanto isso na Polônia, Ministro da Justiça anuncia projeto de lei de liberdade de expressão online:
    O ministro da Justiça da Polônia, Zbigniew Ziobro, anunciou uma iniciativa legal na quinta-feira destinada a permitir que os usuários da internet apresentem queixas contra a remoção de postagens online, bem como a criação de um tribunal especial para a liberdade de expressão.
    O ministro da Justiça, Zbigniew Ziobro, disse que o objetivo do projeto é dar aos internautas o sentimento de que seus direitos estão protegidos e que suas postagens não podem ser arbitrariamente removidas das plataformas online.
    O nome completo do projeto de lei é a lei sobre a liberdade de expressar suas próprias opiniões e pesquisar e disseminar informações na internet.
    De acordo com suas disposições, os serviços de mídia social não poderão remover conteúdo ou bloquear contas se o conteúdo sobre eles não infringir a lei polonesa. Em caso de remoção ou bloqueio, uma reclamação pode ser enviada para a plataforma, que terá 24 horas para considerá-la. Dentro de 48 horas após a decisão, o usuário poderá apresentar uma petição ao tribunal para a devolução do acesso. O tribunal considerará as reclamações no prazo de sete dias após o recebimento e todo o processo será eletrônico.
    "Muitas vezes, as vítimas de censura ideológica são também representantes de vários grupos que operam na Polónia, cujo conteúdo é removido ou bloqueado, apenas porque expressam opiniões e referem-se a valores que são inaceitáveis ​​do ponto de vista das comunidades ... com uma influência cada vez mais forte no funcionamento das redes sociais ", disse Ziobro
    "Percebemos que não é um tema fácil, percebemos que na internet também deve haver uma esfera de garantias para todos que se sentem caluniados, uma esfera de limitação de vários conteúdos que podem levar consigo um impacto negativo na esfera da liberdade de outras pessoas", disse ele. "Mas gostaríamos de propor tais ferramentas que permitam tanto um lado quanto outro a pedir a decisão de um órgão que será capaz de julgar se o conteúdo que aparece em tal e tal conta de mídia social realmente viola os direitos pessoais, se ele pode ser eliminado ou se há censura."
    Se um tribunal especial decidir a favor do autor da ação e do serviço de internet não obedecer à decisão, ele pode submeter o serviço de internet a uma multa de até 8 milhões de euros (1,8 milhão de euros) imposta pelo Escritório de Comunicações Eletrônicas.

    https://polandin.com/51388314/justice-minister-announces-online-freedom-of-speech-bill
    Enquanto isso na Polônia, Ministro da Justiça anuncia projeto de lei de liberdade de expressão online: O ministro da Justiça da Polônia, Zbigniew Ziobro, anunciou uma iniciativa legal na quinta-feira destinada a permitir que os usuários da internet apresentem queixas contra a remoção de postagens online, bem como a criação de um tribunal especial para a liberdade de expressão. O ministro da Justiça, Zbigniew Ziobro, disse que o objetivo do projeto é dar aos internautas o sentimento de que seus direitos estão protegidos e que suas postagens não podem ser arbitrariamente removidas das plataformas online. O nome completo do projeto de lei é a lei sobre a liberdade de expressar suas próprias opiniões e pesquisar e disseminar informações na internet. De acordo com suas disposições, os serviços de mídia social não poderão remover conteúdo ou bloquear contas se o conteúdo sobre eles não infringir a lei polonesa. Em caso de remoção ou bloqueio, uma reclamação pode ser enviada para a plataforma, que terá 24 horas para considerá-la. Dentro de 48 horas após a decisão, o usuário poderá apresentar uma petição ao tribunal para a devolução do acesso. O tribunal considerará as reclamações no prazo de sete dias após o recebimento e todo o processo será eletrônico. "Muitas vezes, as vítimas de censura ideológica são também representantes de vários grupos que operam na Polónia, cujo conteúdo é removido ou bloqueado, apenas porque expressam opiniões e referem-se a valores que são inaceitáveis ​​do ponto de vista das comunidades ... com uma influência cada vez mais forte no funcionamento das redes sociais ", disse Ziobro "Percebemos que não é um tema fácil, percebemos que na internet também deve haver uma esfera de garantias para todos que se sentem caluniados, uma esfera de limitação de vários conteúdos que podem levar consigo um impacto negativo na esfera da liberdade de outras pessoas", disse ele. "Mas gostaríamos de propor tais ferramentas que permitam tanto um lado quanto outro a pedir a decisão de um órgão que será capaz de julgar se o conteúdo que aparece em tal e tal conta de mídia social realmente viola os direitos pessoais, se ele pode ser eliminado ou se há censura." Se um tribunal especial decidir a favor do autor da ação e do serviço de internet não obedecer à decisão, ele pode submeter o serviço de internet a uma multa de até 8 milhões de euros (1,8 milhão de euros) imposta pelo Escritório de Comunicações Eletrônicas. https://polandin.com/51388314/justice-minister-announces-online-freedom-of-speech-bill
    POLANDIN.COM
    Justice Minister announces online freedom of speech bill
    If a social media service doesn’t obey a ruling, a special court could subject it to a fine of up to EUR 1.8 million imposed by the Office of Electronic Communications.
    1
    1 Comentários 0 Compartilhamentos
  • Parler fica no escuro após suspensão de serviços web da Amazon:

    A plataforma de mídia social Parler agora está offline depois que a Amazon Web Services suspendeu o site, alegando que não tem moderação de conteúdo.
    O Hill informa que o site de mídia social Parler foi retirado do ar depois que sua conta de hospedagem foi suspensa pela Amazon Web Services, que alegou que o site falhou em moderar adequadamente o conteúdo em sua plataforma.
    Em um e-mail para Parler, a Amazon declarou: "Recentemente, vimos um aumento constante neste conteúdo violento em seu site, tudo isso viola nossos termos. Está claro que a Parler não tem um processo eficaz para cumprir os termos de serviço da AWS."
    O e-mail acrescentou: "Também parece que Parler ainda está tentando determinar sua posição sobre moderação de conteúdo. Você remove algum conteúdo violento quando contatado por nós ou outros, mas nem sempre com urgência."
    O CEO da Parler, John Matze, disse em uma declaração recente que o site pode ficar offline por até uma semana, à medida que procura um novo provedor de hospedagem web. Falando à Fox News na manhã deste domingo, Matze afirmou:
    Isso colocaria qualquer um fora do negócio. Quero dizer, isso- eles poderiam destruir qualquer um. Se eles fizessem isso com qualquer aplicativo, qualquer empresa, isso os destruiria completamente.
    E vamos tentar o nosso melhor para voltar a funcionar o mais rápido possível, mas estamos tendo um monte de problemas, porque todos os fornecedores com quem falamos dizem que não vão trabalhar conosco, porque, se a Apple não aprovar e o Google não aprovar, eles não vão.
    Parler também foi removido da Apple App Store e Google Play Store. A diretora de política de Parler, Amy Peikoff, disse à Fox & Friends Weekend:
    Não estamos necessariamente sendo apontados por essas empresas de tecnologia, mas certamente pelas pessoas que têm pressionado e, de fato, achamos que estamos sendo criados de muitas maneiras porque ao olhar para alguns dos conteúdos, estes são relatos que foram criados há dois dias e eles têm poucos pedaços de conteúdo e alguns deles são paródias do que você pensaria que um incitador de violência de direita seria.
    Peikoff passou a explicar o que ela se referiu como uma "questão crucial" sobre a operação contínua de Parler, afirmando: "Queremos todo o conteúdo que é postado online, cada peça seja digitalizada em busca de 'conteúdo questionável', como eles o chamam, 24/7 e também removido sem o devido processo se for sinalizado por um algoritmo, porque parece ser o padrão que Parler está sendo informado que devemos aderir.”
    Parler fica no escuro após suspensão de serviços web da Amazon: A plataforma de mídia social Parler agora está offline depois que a Amazon Web Services suspendeu o site, alegando que não tem moderação de conteúdo. O Hill informa que o site de mídia social Parler foi retirado do ar depois que sua conta de hospedagem foi suspensa pela Amazon Web Services, que alegou que o site falhou em moderar adequadamente o conteúdo em sua plataforma. Em um e-mail para Parler, a Amazon declarou: "Recentemente, vimos um aumento constante neste conteúdo violento em seu site, tudo isso viola nossos termos. Está claro que a Parler não tem um processo eficaz para cumprir os termos de serviço da AWS." O e-mail acrescentou: "Também parece que Parler ainda está tentando determinar sua posição sobre moderação de conteúdo. Você remove algum conteúdo violento quando contatado por nós ou outros, mas nem sempre com urgência." O CEO da Parler, John Matze, disse em uma declaração recente que o site pode ficar offline por até uma semana, à medida que procura um novo provedor de hospedagem web. Falando à Fox News na manhã deste domingo, Matze afirmou: Isso colocaria qualquer um fora do negócio. Quero dizer, isso- eles poderiam destruir qualquer um. Se eles fizessem isso com qualquer aplicativo, qualquer empresa, isso os destruiria completamente. E vamos tentar o nosso melhor para voltar a funcionar o mais rápido possível, mas estamos tendo um monte de problemas, porque todos os fornecedores com quem falamos dizem que não vão trabalhar conosco, porque, se a Apple não aprovar e o Google não aprovar, eles não vão. Parler também foi removido da Apple App Store e Google Play Store. A diretora de política de Parler, Amy Peikoff, disse à Fox & Friends Weekend: Não estamos necessariamente sendo apontados por essas empresas de tecnologia, mas certamente pelas pessoas que têm pressionado e, de fato, achamos que estamos sendo criados de muitas maneiras porque ao olhar para alguns dos conteúdos, estes são relatos que foram criados há dois dias e eles têm poucos pedaços de conteúdo e alguns deles são paródias do que você pensaria que um incitador de violência de direita seria. Peikoff passou a explicar o que ela se referiu como uma "questão crucial" sobre a operação contínua de Parler, afirmando: "Queremos todo o conteúdo que é postado online, cada peça seja digitalizada em busca de 'conteúdo questionável', como eles o chamam, 24/7 e também removido sem o devido processo se for sinalizado por um algoritmo, porque parece ser o padrão que Parler está sendo informado que devemos aderir.”
    0 Comentários 0 Compartilhamentos
  • https://www.youtube.com/watch?v=cpJEJ1cr4q8
    https://www.youtube.com/watch?v=cpJEJ1cr4q8
    Nova descoberta para enfrentar ação do vírus da Covid 19, na boca.
    Confira as informações técnicas e os estudos sobre o produto no link: https://bit.ly/detox-pro-dentalcleanEsta é um matéria publicada pela TV UNESP.Um antiss...
    YouTube
    1
    0 Comentários 0 Compartilhamentos
  • B|
    3
    0 Comentários 0 Compartilhamentos
  • :sweat_smile:
    3
    0 Comentários 0 Compartilhamentos
Mais stories